domingo, 16 de maio de 2010

Sinto falta da sua tristeza, disfarçada em arrogância, em não dar conta, em não ter nem amor, nem vida, nem saco, nem músculos, nem medo, nem alma suficientes para me reter.

Um comentário:

  1. ouch.
    ele já volta mais forte...
    com mais medo de se magoar.

    ResponderExcluir